Venda de veículos elétricos e híbridos aumenta 78% no quadrimestre, diz entidade

Pesquisa foi feita pela ABVE nesta semana

São José dos Campos-SP, 19 de julho de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – Os carros elétricos ainda estão ‘engatinhando’ no mercado brasileiro. Contudo, isso começa a mudar de forma gradual, principalmente do ano passado para 2022, e o Olhar Automotivo vai falar um pouco sobre o assunto.

Segundo dados divulgados pela ABVE (sigla para Associação Brasileira do Veículo Elétrico), o primeiro quadrimestre de 2022 teve 78% mais vendas de veículos desse gênero do que no primeiro quadrimestre do ano passado.

Além disso, a pesquisa considera os carros 100% elétricos e também os híbridos, que funcionam em combinação entre o combustível e a eletricidade. Estes últimos são até mais ‘populares’ no mercado nacional.

Veja em seguida: Etanol vai ficar cerca de 17 centavos mais barato em São Paulo; saiba como avaliar o combustível mais vantajoso

Números de vendas começa a crescer

Atualmente, o Brasil já vendeu 12.976 unidades desses veículos de combustível sustentável no primeiro semestre. Assim, pela primeira vez superou a marca dos cinco dígitos em um período. No entanto, nos primeiros quatro meses de 2021, o Brasil comercializou 7.290 carros desse tipo.

Outro dado importante que a ABVE divulgou é sobre o total de carros elétricos acumulados em circulação nas ruas do país. Isso porque, no momento, já se passou dos 90 mil veículos. Agora, a projeção é de que passe a barreira dos 100 mil ainda neste ano, já durante o próximo mês de agosto.

Um dos principais motivos que fez aumentar a procura dos veículos elétricos foi o aumento no preço da gasolina e do etanol nestes últimos dois anos.

Venda de veículos elétricos e híbridos aumenta 78% no quadrimestre, diz entidade. Foto: Canva
Venda de veículos elétricos e híbridos aumenta 78% no quadrimestre, diz entidade. Foto: Canva

 

No entanto, esses carros ainda são proibitivos para grande parcela da população. Afinal de contas, os preços são sempre acima dos R$ 200 mil e tem carro elétrico que custa mais de R$ 1 milhão, como um novo lançamento da Mercedes no mercado brasileiro.

Veja em seguida: Mercedes-AMG EQS 53 4Matic+ chega ao mercado brasileiro 100% elétrico

Sustentabilidade

Mas o que também conta para este aumento da venda de veículos elétricos é a questão ambiental. Afinal de contas, já são 6,6 milhões de carros elétricos no mundo. E, com o aquecimento global em alta, os veículos eletrificados ajudam a reduzir a emissão de gases na atmosfera do planeta Terra.

Algumas empresas, como a Volvo, por exemplo, prometem produzir apenas veículos elétricos a partir de 2030. Mas um dos obstáculos ainda são os poucos postos e lugares de recargas desses carros. Até mesmo na Europa e nos Estados Unidos, isso ainda está engatinhando.

Veja em seguida: Concurso da Hot Wheels vai escolher carro de verdade mais ‘irado’

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy