Ford aposta em motor elétrico de ‘prateleira’ nos Estados Unidos; saiba mais o assunto

Ideia é ampliar o mercado da customização dos veículos

São José dos Campos-SP, 9 de junho de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – Que tal comprar um motor elétrico para equipar o seu carro antigo e tirar da gasolina? Então, nos Estados Unidos, já existe essa possibilidade e a Ford puxa a fila. Mas essa motorização também vale para outros modelos, não apenas os mais antigos. E o Olhar Automotivo vai falar um pouco sobre o assunto.

Inclusive, para divulgar o seu serviço, feito pela divisão da Ford Performance Parts, acostumada a fornecer acessórios para customização, a empresa criou até um carro conceito retrô.

Veja em seguida: Mercedes garante presença de veículos clássicos em eventos durante o ano pelo mundo; confira

Mas o sucesso foi tão grande que o primeiro lote já se esgotou e, talvez, nem a própria empresa esperava tamanho sucesso. Cada motor custa US$ 3.900, cerca de R$ 20 mil.

Caminhonete elétrica da Ford inspirada em modelo de 1978

Assim, a Ford criou no ano passado a F-100 Eluminator, com o motor que leva o mesmo nome. E o carro é inspirado em um modelo de 1978 e se tornou um carro-conceito para a eletrificação customizada nos Estados Unidos.

Mas outras picapes mais novas e SUVs também comportam o novo motor e, quem quiser eletrificar o seu veículo, vai ter que aguardar uma fila de espera. E, claro, ter um pouco de paciência.

Ford aposta em motor elétrico de ‘prateleira’ nos Estados Unidos; saiba mais o assunto. Foto: Divulgação Ford
Ford aposta em motor elétrico de ‘prateleira’ nos Estados Unidos; saiba mais o assunto. Foto: Divulgação Ford

Saiba mais sobre a picape

A picape-conceito da Ford tem, na verdade, dois motores elétricos, ou seja, duas baterias. Além disso, conta com tração integral. Juntos, os dois motores proporcionam imponentes 486 cavalos de potência. Isso se contar os 88 kgfm de torque.

No entanto, individualmente, o motor tem 285 cavalos de potência e 44 kgfm de torque, segundo os dados divulgados pela própria Ford.

Com isso, a ideia da Ford é também ampliar o mercado de customização, aproveitando a carona do crescimento do mercado de elétricos.

Veja em seguida: Venda de veículos seminovos aumenta 25% em maio, diz Fenabrave

Por exemplo, apenas nos Estados Unidos, o mercado de veículos customizados movimenta cerca de US$ 50 bilhões por ano. Não é pouco.

Dessa maneira, a Ford quer um portfólio ainda maior para esses veículos, com peças e acessórios exclusivos.

Por fim, em um mercado tão competitivo e tão apaixonado por carros como nos Estados Unidos, a tendência é esse nicho crescer ainda mais nos próximos anos. E os modelos elétricos ganham cada vez mais espaço.

Veja em seguida: Na onda da sustentabilidade, Mini 100% elétrico aposta em pacotes para atrair consumidores

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy