SP 2: icônico esportivo da Volkswagen completa 50 anos de história

Veículo marcou geração na década de 1970

São José dos Campos-SP, 29 de junho de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – A Volkswagen comemorou, no último final de semana, os 50 anos do lançamento de um ícone da indústria automobilística brasileira: o esportivo SP 2. E o Olhar Automotivo vai falar um pouco sobre o assunto.

Primeiramente, naquela época, muitos brincavam e chamavam o carro de ‘Brasília amassada’. Afinal de contas, é um esportivo mais baixo, mas com a frente quase igual à da Brasília e também da Variant. Na época, lançamento aconteceu na capital paulista, no dia 26 de junho de 1972.

Veja em seguida: Quais os cuidados devemos ter com a instalação do som automotivo? Confira

Assim, o SP 1 e o SP 2 se tornaram carros dos jovens abastados da época e também chamava a atenção pela beleza e pela agilidade. Por exemplo, o motor a ar do SP 1 era um 1.6 L, que proporcionava 65 cavalos de potência.

Por sua vez, o coirmão SP 2 tinha um motor um pouco mais potente, 1,7 L e 75 cavalos de potência. Para aquela época, era uma grande sofisticação. Apesar disso, ele chegava a 153 km/h e demorava 17 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h.

Dessa forma, esse motor exclusivo também acabou não emplacando. Até porque usava a chamada ‘gasolina azul’, um pouco mais cara naquela época.

SP 2: icônico esportivo da Volkswagen completa 50 anos de história. Foto: Divulgação Volkswagen
SP 2: icônico esportivo da Volkswagen completa 50 anos de história. Foto: Divulgação Volkswagen

 

Veja em seguida: Como aumentar a vida útil das pastilhas de freio do carro? Confira essas dicas que poucos conhecem

Interior esportivo

Aliás, por dentro, o SP 2 era uma atração à parte. Isso porque contava com um painel dos mais sofisticados, com vasto painel de instrumento. Além disso, os bancos era de couro e exclusivos para estes modelos. Foi um sucesso absoluto.

No entanto, a alegria durou pouco, pois, logo a Volks também parou de produzir essa belezura. Foram quatro anos de alegria. No entanto, vai sempre ficar na memória.

Isso porque foram pouco mais de 10 mil unidades produzidas no país. Então, encontrar um desses hoje em dia é raro, ainda mais se estiver em bom estado de conservação. E esse carro é sempre um atrativo nos eventos de antigomobilistas.

Mas o surgimento do Passat TS, esportivo, em 1976, e com um preço mais em conta, sepultou a linha SP 1 e 2 (o 1 era a versão de entrada). Contudo, continua sempre na memória dos saudosistas e amantes dos carros antigos. Atualmente, o SP 2 tem até mesmo um clube oficial.

Veja em seguida: Rally dos Vinhedos: uma viagem no túnel do tempo pelo Rio Grande do Sul; confira

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy