Dicas para rebaixar o carro sem sair da lei para isso

Cuiabá, 17 de abril, por Amanda Souza – Rebaixar o carro é uma questão polêmica. Isso porque o que para muitos quer dizer estilo, a lei já considera uma infração grave. Na lei, o carro rebaixado é aquele veículo que sofreu alterações em suas características originais. Desta forma, ele precisa passar por vistorias.

Contudo, veículos podem sim passar por alterações em seu sistema de suspensão. Mas, deve ser feito com segurança. Então, neste artigo, vamos te mostrar dicas importantes para você rebaixar o carro sem se preocupar se será multado futuramente.

Confira ainda: Carro Renault Kiwid elétrico já pode ser adquirido na pré-venda; confira

Como rebaixar o carro dentro da Lei? Saiba agora

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) aborda o tema em 3 momentos: nos artigos 98, 106 e 123. Neles constam as regras para o processo de mudança de suspensão do veículo. Logo abaixo, vamos mostrar o passo a passo para regularizar o carro rebaixado.

Antes de mais nada, peça a Autorização Prévia do DETRAN do seu estado para executar alterações em seu veículo. Em segundo lugar, depois de autorizado e com a documentação em mãos, leve o veículo a um mecânico de confiança para realizar a mudança.

Leia também essa matéria: Confira dicas para vender seu carro para uma pessoa física

O terceiro passo consiste em levar seu veículo a uma entidade autorizada pelo INMETRO para realizar a Inspeção de Segurança Veicular. Caso seja aprovado, você receberá o CSV (Certificado de Segurança Veicular) e, em seguida, levá-lo ao DETRAN e  solicitar os novos documentos de seu carro.

Você pode gostar dessa matéria que está dando o que falar na web: Quando devo trocar de carro? Veja as dicas e tire suas dúvidas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy