É melhor vender o carro usado para uma loja ou para particular? Confira essas dicas importantes

Tudo vai depender muito de cada situação'

São José dos Campos-SP, 16 de julho de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – Você tem um carro usado, quer vender e, depois, comprar um modelo mais novo. No entanto, para isso, não sabe exatamente como se desfazer do seu usado.

Isso porque existem duas possibilidades: vender para uma revendedora, dando de entrada, ou até mesmo passando para o particular. E o Olhar Automotivo vai falar um pouco sobre o assunto.

Algumas dicas para vender a lojas

Mas, se for vender para uma revendedora de veículos, na hora de adquirir outro mais novo ou mesmo zero, a desvalorização é certa. Isso porque o lojista sempre vai pagar menos pelo seu carro, em torno de 20%.

Veja em seguida: Ford aposta em interatividade e faz test drive com promoção na Ford Ranger

Por exemplo, se tem um carro que vale R$ 40 mil, ele vai pagar R$ 32 mil. No entanto, se o veículo tiver outros problemas, como funilaria e mecânica, a desvalorização pode ser ainda maior.

Assim, o lojista vai lucrar com o seu veículo, pois, vai vender mais caro depois e também ao te vender o carro da loja.

É melhor vender o carro usado para uma loja ou para particular? Confira essas dicas importantes. Foto: Canva
É melhor vender o carro usado para uma loja ou para particular? Confira essas dicas importantes. Foto: Canva

 

Apesar disso, muitas vezes pode compensar por conta da facilidade e da agilidade. Afinal de contas, não vai ter burocracia e ainda vai sair com um carro melhor e com garantia.

No entanto, podemos até mesmo comprar o carro de uma loja e vender o nosso anterior para outra. Isso porque algumas revendedoras podem avaliar melhor e pagar um pouco mais.

Veja em seguida: Carros elétricos emitem 10 vezes menos gases poluentes, diz pesquisa

Apenas fique atento quando a loja fala em ‘supervalorizar o seu usado’. Neste caso, ela pode até pagar um valor justo, mas pode embutir no carro novo um valor ainda maior, para compensar. Então, se atente aos valores de tabela dos veículos.

Venda para particular

Agora, se for vender o seu carro para particular, poderá ter uma vantagem no valor e pedir o preço de tabela. Aliás, vale até pedir a mais. Assim, se o comprador ‘chorar’, poderá abaixar um pouco o preço.

No entanto, sempre tome cuidado, pois, os golpes e roubos estão aumentando. Não deixe a pessoa interessada dirigir o carro sozinha, sem ser alguém conhecida. E também só transfira a documentação quando o comprador, de fato, te pagar o valor do veículo.

Com isso, vai conseguir fazer um bom negócio e, por fim, ter o dinheiro em mãos para dar uma boa entrada em um carro mais novo.

Veja em seguida: Kia Sportage Híbrido já está à venda no mercado brasileiro; confira os valores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy