Motorista cai de carro em movimento por falta de cinto no interior de SP; veja outros motivos para usar o acessório

Acidente aconteceu em Franca, mas ninguém se feriu com gravidade

São José dos Campos-4 de agosto de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – Nesta última semana, uma cena viralizou na internet e nas redes sociais, quando um motorista caiu do carro. Isso aconteceu em Franca-SP, na região de Ribeirão Preto.

Na oportunidade, ele fez uma curva, com seu Fiat Uno, passou por uma lombada, a porta abriu e ele caiu. E o Olhar Automotivo vai falar um pouco sobre o assunto.

Veja em seguida: Jeep comemora 400 mil unidades vendidas do Renegade em 7 anos de produção

Após o ocorrido, o carro continuou andando sozinho, passou entre um poste e um moro e parou na outra esquina. Por sorte, não havia nenhum pedestre e nenhum outro carro no caminho. Além disso, o motorista nada sofreu.

Cadê o cinto de segurança?

Depois, o proprietário do carro teria alegado que a porta se abriu sozinha na hora de passar na lombada. E, na tentativa de fechar, acabou caindo, em uma cena surreal. Mas, se ele estivesse usando cinto de segurança, não teria acontecido isso.

Motorista cai de carro em movimento por falta de cinto no interior de SP; veja outros motivos para usar o acessório. Foto: Canva
Motorista cai de carro em movimento por falta de cinto no interior de SP; veja outros motivos para usar o acessório. Foto: Canva

 

Assim, o uso desse equipamento previne lesões mais graves e até mesmo salva a vida de uma pessoa em caso de acidentes. E até mesmo evita que se caia do carro em movimento.

Atualmente, a multa por falta de cinto de segurança é de R$ 195,23, além de cinco pontos carteira. Afinal, é considerada uma infração gravíssima pelo CTB (Código de Trânsito Brasileiro).

Veja em seguida: Fiat Strada: versão ainda moderna para 2023; confira

Mas, muitas pessoas usam o cinto no banco da frente e se esquecem dos passageiros no banco de trás. Neste caso, a infração é tão grave quanto se estivesse na parte da frente.

Além disso, o risco de uma lesão grave ou até mesmo óbito é ainda maior. Isso porque se o passageiro do banco de trás estiver sem o cinto em um acidente ou freada brusca, pode ser lançado para a parte da frente e ainda ferir o motorista.

Ex-BBB foi exemplo

Inclusive, foi algo parecido que aconteceu com o empresário e ex-BBB Rodrigo Mussi, em abril. Na oportunidade, ele estava no banco de trás de um veículo de aplicativo e se machucou gravemente quando o carro bateu em um caminho.

Por fim, nunca se esqueça do cinto de segurança. E, claro, também não esqueça de travar as portas do carro em movimento, para não acontecer o mesmo que o motorista em Franca.

Veja em seguida: F-150 agora ganha versão elétrica nos EUA para atender a polícia; confira

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy