Saiba como fazer para conservar os pneus do carro e confira algumas dicas na hora de trocar

Algumas dicas podem fazer a diferença no dia a dia

São José dos Campos, 12 de abril de 2022 – Os pneus do carro são um item dos mais importantes. Afinal de contas, sem eles não têm como rodar. Desta maneira, estar com esses acessórios em dia é fundamental, principalmente para garantir a segurança de todos. Embora seja um item cada vez mais caro, não se deve negligenciar. E o blogue Olhar Automotivo vai falar um pouco sobre o assunto.

Primeiramente, vamos abordar as melhores maneiras e conservar os pneus por mais tempo. Aliás, dependendo da qualidade do material, eles podem durar entre 40 mil e 70 mil quilômetros rodados. Ou seja, em média, de dois a quatro anos de uso. Mas, como foi dito, a conservação é essencial. E o Olhar Automotivo tem algumas dicas.

Veja em seguida: Rota do Asfalto: conheça o projeto criado para preparar carros em viagens longas; Belina é sucesso

Agora, uma dica importante, gratuita e que faz a diferença é calibrar os pneus do carro. Sempre que for abastecer, estique até a bomba de calibragem e faça isso. Inclusive com o estepe, que perde muitas vezes pressão no porta-malas. Neste caso, o ideal é calibrar uma vez por semana. Então, vai garantir uma utilização melhor do carro por mais tempo.

Outra sugestão importante é fazer balanceamento e alinhamento periódicos, possivelmente uma vez por ano. Apesar de ter um custo, é uma medida também que vai conservar não só o pneu, mas o carro de modo geral. E também sempre observe as suspensão e amortecedores do veículo. Isso sem contar o rodízio de pneus, que devemos fazer a cada 10 mil quilômetros.

Veja em seguida: De Gusttavo Lima, a Ludmilla e Neymar Jr., saiba quais são os carros dos famosos no Brasil

Na hora de trocar os pneus, opte pelos novos

Assim como dito no início do post, os pneus são itens de segurança e por isso não podemos negligenciar. Desta maneira, quando estiver na hora de trocar, opte por produtos novos, mesmo que pague mais caro. Então, nunca compre os chamados pneus ‘riscados’, ou os recauchutados, pois podem estourar na rua e colocar a vida em risco, inclusive de quem não estão no carro.

Por fim, se aqueles sulcos dos pneus já começarem a desaparecer, é hora de trocar. Então, não espere ficar totalmente liso, pois, além do risco de acidentes, ainda pode ser multado. Além disso, opte por marcas conhecidas de pneus. Embora sejam mais caras, a durabilidade também é maior. A seguir, acompanhe um vídeo do canal ‘CAR UP Dicas automotivas’, com mais algumas sugestões.

Veja em seguida: Chevrolet lidera venda de carros nos três primeiros meses do ano, diz Fenabrave

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy