Verstappen vence corrida sprint do GP da Áustria e larga na pole domingo; veja como foi

Holandês amplia ainda mais a vantagem na liderança do Mundial de Fórmula 1

São José dos Campos-SP, 9 de julho de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho –  O piloto holandês Max Verstappen venceu a corrida de Sprint para o GP da Áustria, no circuito de Spielberg, na manhã de deste sábado (9).

Assim, ele vai levar oito pontos no campeonato, já que essa mini corrida pontua do primeiro ao oitavo colocado. Além disso, vai largar na pole position da corrida principal. E o Olhar Automotivo vai falar um pouco sobre a prova.

Veja em seguida: Com nova Frontier S, Nissan padroniza biturbo em suas versões; confira

Depois, em segundo lugar, ficou Charles Leclerc, da Ferrari, com seu companheiro Carlos Sainz em quarto lugar.

Enfim, a corrida sprint existe desde o ano passado. Os organizadores da categoria criaram essa prova para valorizar o treino livre de sexta, que se torna classificatório para o Sprint. Por sua vez, essa corrida mais curta também ganha em importância por valer pontos e também por definir o grid na prova.

Desta maneira, a classificação do Mundial de Fórmula 1 agora tem Verstappen com 189 pontos. Perez, que ficou em quinto, foi a 151 pontos, enquanto Leclerc foi a 146.

Agora, a 11ª etapa da temporada acontece neste domingo (10), a partir das 10h, com transmissão ao vivo em TV aberta pela Bandeirantes. Essa é a 35ª edição da prova na Áustria.

Como foi o sprint

Antes da largada, um momento inusitado: a equipe Alpine não tirou a proteção de pneus do carro de Fernando Alonso, que teve problemas e não conseguiu largar. Assim, fica em último no grid de domingo. No entanto, o motivo do problema foi a bateria do carro.

Contudo, a larga foi abortada momentos antes, por outro motivo. Isso porque o carro do chinês Guanyu Zhou parou no meio da pista, quase na hora do alinhamento. Assim, os pilotos deram mais uma volta de apresentação.

Veja em seguida: Volks vai repaginar fábrica de Taubaté para produzir novo Polo Track; confira

Depois, finalmente conseguiram largar, Verstappen manteve a ponta e Sainz tomou o segundo lugar de Leclerc. Mas, antes da primeira volta, o monegasco retomou o segundo posto. Mas, quando eles brigavam entre si, Verstappen disparava na ponta.

Já o heptacampeão mundial Lewis Hamilton caiu para o 11º lugar na classificação na hora da largada. Isso porque ele se tocou com Pierre Gasly, da Alpha Tauri e o francês saiu da pista.

Enquanto isso, Verstappen já tinha quase três segundos de vantagem sobre as duas Ferraris, que disputavam o segundo lugar curva a curva.

Contudo, Sainz tirou o pé e Leclerc seguir tranquilo em segundo, enquanto Verstappen venceu sem sustos.

Veja em seguida: Audi: A3, A4 e A5 chegam mais modernos e sustentáveis

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy