GP de Miami: confira como é o novo circuito da Fórmula 1

Prova será disputada neste final de semana, na Flórida

São José dos Campos, 7 de maio de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – A Fórmula 1 vai ao GP de Miami neste domingo (8), a partir das 16h30. Esta será a primeira vez na história que a cidade da Flórida recebe a categoria máxima do automobilismo mundial. E o Olhar Automotivo vai falar um pouco sobre o circuito.

Primeiramente, os organizadores da Fórmula 1, empresários norte-americanos, fecharam acordo de dez anos para provas na turística cidade do sul dos Estados Unidos.

Veja em seguida: Novo Jeep Gladiator vai chegar ao Brasil e quer reforçar DNA aventureiro; confira

A prova será a quinta etapa do Mundial, que tem o monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, na liderança, com o holandês Max Verstappen, atual campeão, em segundo lugar.

Na prática, o novo circuito fica em Miami Gardens, uma cidade a 25 quilômetros de Miami e que recebeu toda a estrutura necessária para a disputa inédita.

Assim, a Fórmula 1 terá duas provas na temporada, já que no dia 23 de outubro, em Austin, no Texas, recebe a etapa no Circuito das Américas, na reta final da temporada.

Como é o circuito

Em relação à pista em si, são 19 curvas e três retas longas, onde serão os principais pontos de ultrapassagem. Desta maneira, ao menos inicialmente, os pilotos gostaram e aprovaram o novo traçado da Fórmula 1.

Além disso, curiosamente duas das 19 curvas passam debaixo de um viaduto, que pertence a uma rodovia que liga Miami a Orlando.

Veja em seguida: Saiba como deixar o seu carro com ‘cheiro de novo’ com essas misturinhas caseiras

Quanto ao tamanho, o circuito é grande, com 5,417 quilômetros de extensão. Por isso, serão apenas 57 voltas programadas para a corrida deste final de semana.

Com um misto de altas e baixar velocidades e com três pontos de acionamento da asa móvel, o GP de Miami promete ser seletivo e disputado, como vem sendo a Fórmula 1 nos últimos anos.

Negócios em alta

Contudo, a principal razão de escolher Miami para receber uma prova da Fórmula 1 é o dinheiro. Afinal de contas, é uma cidade turística e que atrai milhões de visitantes por ano. Agora, o automobilismo é mais uma atração na cidade.

Por exemplo, quem quiser assistir à corrida dentro de um iate tem que desembolsar a bagatela de R$ 94 mil. Apesar disso tudo, houve resistência de parte da população antes de Miami receber a prova, por conta da poluição sonora na região. A seguir, acompanhe um vídeo do canal da ‘CNN Brasil’, com reportagem sobre o GP de Miami.

Veja em seguida: BMW lança versão exclusiva do X6 com apenas 30 unidades produzidas; confira

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy