Novo Peugeot 408: duas versões híbridas e uma à gasolina; saiba mais sobre o carro

Veículo chama a atenção também pelas novas linhas

São José dos Campos-SP, 23 de junho de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – A Peugeot lançou o seu novo 408, um veículo moderno, com novas linhas em design. Mas, principalmente, três opções de motores, duas híbridas e uma à gasolina. Assim, o Olhar Automotivo vai falar um pouco sobre o assunto.

Primeiramente, o carro aposta no que a Peugeot chama de silhueta fastback, aliás, algo inédito nos designs da marca francesa. Logo, a proposta é dar mais elegância e colocar o aspecto estético do carro como um diferencial para o consumidor mais exigente.

Veja em seguida: EV Wildcat: saiba mais sobre o novo carro-conceito da Buick

Outra questão importante é o espaço interno, especialmente na segunda fileira, que promove mais conforto e comodidade para os passageiros. Com isso, é mais um ponto a favor para o novo 408 da Peugeot.

Além disso, o novo volante, menor, garante uma dirigibilidade mais esportiva e uma possibilidade de maior controle do carro, garantindo uma experiência diferenciada para o condutor.

Motorização do novo Peugeot 408

Agora, vamos falar um pouco sobre as opções de motorização do novo Peugeot 408. Isso porque a marca oferece uma versão a gasolina, que proporciona 130 cavalos de potência e garante muita qualidade. O motor tem 1.2 litros e três cilindros.

Entretanto, além disso, o novo carro da marca francesa garante ainda mais duas opções de motorização híbrida, quando se combina a gasolina com a eletricidade.

Novo Peugeot 408: duas versões híbridas e uma à gasolina; saiba mais sobre o carro. Foto: Canva
Novo Peugeot 408: duas versões híbridas e uma à gasolina; saiba mais sobre o carro. Foto: Canva

Desta maneira, a versão Plug-in Hybrid 225 e-EAT8 proporciona 180 cavalos de potência, enquanto o Plug-in Hybrid 180 e-EAT8 proporciona 150 cavalos de potência para o novo carro.

Veja em seguida: Peugeot cheia de novidades com a linha 2023 do SUV 2008; confira

Quanto à recarga, se fizermos no Wall Box, vai demorar 1h55, segundo a Peugeot. Enquanto isso, na tomada reforçada leva cerca de 3h30 e na tomada convencional a recarga total será de aproximadamente 7h.

Segurança

Além de tudo isso, a Peugeot vem apostando nos itens de segurança. E um deles, dos mais modernos, é o que permite a frenagem automática de emergência, quando se está com velocidades entre 9 km/h e 140 km/h. Assim, detecta pedestres se ciclistas, de dia e de noite, aumentando a proteção de todos os lados.

Isso sem contar a câmara de ré de 180º e a assistência de estacionamento com 360º. Isso vai permitir que o condutor manobre o carro com mais segurança e menor risco de colisão.

Veja em seguida: Viagem no túnel do tempo: Ford abre arquivo com mais de 100 anos de fotos para o público; confira

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy