Volante esportivo: confira algumas dicas antes de instalar no seu carro

Acessório ganha cada vez mais espaço no mercado; entenda

São José dos Campos, 18 de abril de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – O volante esportivo é um item que principalmente os mais jovens apreciam bastante em um carro. Inclusive, muitos trocam os originais por essas versões mais descoladas. No entanto, é preciso seguir algumas dicas e o Olhar Automotivo vai falar um pouco sobre o assunto.

Primeiramente, vale ressaltar que nem todos os carros podem ter determinados volantes esportivos. Inclusive, é importante observar o Código de Trânsito Brasileiro, para não cometer nenhuma infração. Por exemplo, não dá para usar um volante esportivo em uma caminhonete C-100. No entanto, esse acessório é muito útil aos carros de passeio.

Veja em seguida: Você sabe o que é um carro-conceito? Confira a finalidade desses veículos

Agora, se tiver interesse, também é essencial levar em uma oficina especializada, ainda mais por conta da parte elétrica, de buzina e outros itens. Assim, tudo tem que funcionar de forma perfeita. Afinal de contas, é a segurança do motorista e passageiros em jogo. Por isso, escolha o modelo que realmente foi mais adequado e, claro, que caiba no bolso.

Por outro lado, o volante esportivo possui muitas qualidades e, entre as mais importantes, facilita a dirigibilidade e deixa as manobras mais precisas e exatas. Logo, na hora de fazer uma curva, o carro tente a ficar mais estável. Mas, para quem faz questão de ter um carro 100% original, esse equipamento faz perder a característica.

Veja em seguida: Consórcio de veículos vale a pena? Confira algumas dicas importantes antes de fechar negócio

Volante esportivo exige boa limpeza

Atualmente, o mercado oferece uma vasta opção de volantes esportivos, cada um com um preço diferente. No entanto, seja lá qual for o modelo, fazer a limpeza e manutenção constante é essencial. Até porque se trata de um equipamento muitas vezes caro e precisa ter uma durabilidade maior. Neste caso, invista sempre na limpeza regular para garantir um tempo de vida útil maior para o volante de seu carro.

Por fim, na hora de fazer a limpeza, evite produtos à base de silicone, pois são mais abrasivos e vão corroer o volante com o tempo. Neste caso, aposte sempre no básico e use um pano levemente úmido, com água. Além disso, quando limpar, precisa secar totalmente. Caso contrário, como o carro não tem muita ventilação interna, vai ficar cheiro de mofo naquele ambiente. A seguir, acompanhe um vídeo do canal ‘Milan Dark’, com mais sugestões sobre o assunto.

Veja em seguida: Roubo e furto de carro: saiba como fazer para minimizar esse risco; confira algumas dicas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy