Fórmula 1: Leclerc vence GP da Áustria e assume vice-liderança

Verstappen ficou em segundo lugar na prova

São José dos Campos-SP, 10 de julho de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – O piloto monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, venceu o GP da Áustria na manhã deste domingo (10). A prova aconteceu no circuito de Spielberg e valeu pela 11ª etapa do Mundial, de Fórmula 1. E o Olhar Automotivo mostra como foi a corrida.

Em seguida, o piloto Max Verstappen, da Red Bull, ficou em segundo lugar, com Lewis Hamilton, da Mercedes, completando o pódio, em terceiro lugar.

Agora, com esses resultado, Max Verstappen segue na liderança, com 208 pontos. Leclerc assumiu o segundo lugar, com 170, com Perez em terceiro, com 151 e Sainz 133.

Depois a categoria volta às pistas daqui a duas semanas. Então, no dia 24 de julho, a partir das 10h, acontece o GP da França, no circuito de Paul Ricard.

Veja em seguida: Anfavea espera aumento da produção de veículos até o final do ano

Como foi a prova

Na largada, Verstappen foi bem e conseguiu se manter na ponta, com Leclerc seguindo em segundo lugar. No entanto, antes do final da primeira volta, George Russell tocou no carro de Sergio Perez. E o mexicano saiu da pista, caindo para o último lugar. Já o inglês teve avaria na asa dianteira.

Depois, os comissários de prova definiram que o piloto da Mercedes teria que cumprir 5 segundos de punição por causar o acidente. Ele voltou em penúltimo lugar após a parada, onde também trocou o bico do carro.

Enquanto isso, o holandês seguiu na frente, com Leclerc tentando se aproximar para fazer uma pressão. A partir da volta 10, começaram uma disputa espetacular por posição. E, na volta 12, conseguiu a ultrapassagem de forma espetacular.

Em seguida, Verstappen parou nos boxes para trocar pneus, mudando a estratégia de corrida, colocando uma composição dura. As Ferraris se mantiveram na pista.

Aos poucos, o holandês foi recuperando posições e subiu para o terceiro lugar após boa disputa com Lewis Hamilton.

Com isso, começou a fazer voltas mais rápidas e tirando cerca de um segundo por volta de Sainz, o segundo colocado.

Na volta 27, Leclerc parou no tempo previsto, colocou pneu duro e voltou em terceiro. Em seguida, foi a vez de Sainz parar e Verstappen assumir a ponta.

Mas, com pneus melhores, Leclerc se aproximou rapidamente e, na volta 33, voltou a ultrapassar o holandês, reassumindo a ponta.

Reta final da prova

Depois, quando Sainz se aproximava para passar Verstappen, o piloto da Red Bull parou de novo, com a ideia de ir até o final da prova.

Enquanto isso, Leclerc se mantinha na frente, com 17 segundo de vantagem sobre o holandês, terceiro, com Sainz entre eles.

Mas o rendimento de Leclerc caiu e ele parou para trocar pneus na volta 50, para colocar novo composto duro. Ele voltou em terceiro lugar, 3.8 segundos atrás de Verstappen. Em seguida, Sainz também parou para a última troca.

Veja em seguida: Com nova Frontier S, Nissan padroniza biturbo em suas versões; confira

Depois, na volta 53, Leclerc passou o holandês com facilidade, reassumiu a ponta e abriu vantagem.

E quando Sainz chegou para passar Verstappen, o motor estourou e ele abandonou. No lado de fora, o carro pegou fogo, por causa do óleo no motor, e Sainz saiu correndo do carro.

Então, entrou o Virtual Safety car e os dois primeiros colocados pararam para trocar pneu, colocando um jogo médio e com Leclerc se mantendo na frente.

Então, a corrida retomou com 10 voltas para ofinal e Leclerc 3,8 segundos de vantagem sobre o holandês.

Veja em seguida: Verstappen vence corrida sprint do GP da Áustria e larga na pole domingo; veja como foi

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy