Mercedes ganha certificado internacional para carro autônomo; confira como vai ser

Pacote adicional vai servir para o Classe S e o EQS

São José dos Campos, 9 de maio de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – A Mercedes Benz se tornou a primeira fabricante de automóveis do mundo a ter certificação de direção autônoma internacional. No entanto, vale para veículos fabricados em série. E o Olhar Automotivo vai falar um pouco sobre o assunto.

Primeiramente, a certificação passa a valer a partir do dia 17 de maio e vai se tornar opcional para os modelos Classe S e EQS da empresa. Contudo, não é apenas sair dirigindo por aí e ligando o piloto automático.

Mercedes ganha certificado internacional para carro autônomo; confira como vai ser - Divulgação
Mercedes ganha certificado internacional para carro autônomo; confira como vai ser – Divulgação

Veja em seguida: Saiba como conservar um carro seminovo do jeito correto; dicas simples e fáceis

Por exemplo, na Alemanha, é possível ligar o piloto automático em um congestionamento. Ou então em uma estrada, onde a velocidade máxima da autonomia do carro fique em até 60 km/h.

Aliás, o Drive Pilot, segundo a Mercedes, controla a velocidade do veículo. Além disso controla também a distância e até eventualmente uma mudança de faixa. A ideia é ter uma autonomia segura para o veículo.

“O perfil da rota, os eventos ocorridos durante o trajeto e os sinais de trânsito são analisados e levados em consideração”, informou a Mercedes.

Sensores para o carro autônomo

Contudo, toda essa autonomia só existe por conta de uma série de sensores que garantem a segurança desta autonomia do veículo. Por exemplo, o pacote Drive Pilot conta com câmeras, sensores de luz à distância, radar e sensores de umidade.

Agora, a empresa aguarda que esse novo sistema seja aprovado em dois estados norte-americanos até o final do ano: Nevada e Califórnia. Desta maneira, vai conseguir melhorar as vendas e ampliar ainda mais a nova tecnologia no mercado internacional.

Veja em seguida: Alpine A110: versão exclusiva South Beach Colorway para o GP de Miami

Outra questão importante é a tridimensionalidade do sensor do Drive Pilot nas estradas e em qualquer lugar onde o veículo transitar. Isso também é uma forma de aumentar a segurança veicular.

Assim, no nível 3 do piloto automático, liberado na Alemanha desde 2021, o veículo precisa respeitar todas as leis de trânsito e o motorista precisa continuar atento. Caso contrário, estará sujeito a todas as penalizações normais da legislação.

Antes, em 2017, a Alemanha já tinha se tornado o primeiro país a criar uma lei de trânsito específica para carros autônomos. Enquanto isso, aqui no Brasil, ainda não existe lei neste sentido e ainda sem previsibilidade de iniciar.

Então, por enquanto, o veículo autônomo da Mercedes não pode ser comercializado por aqui.  A seguir, acompanhe um vídeo do canal da Mercedes Benz sobre o assunto.

Veja em seguida: Ford Bronco Sport 2022: 4X4 ainda mais potente e aventureiro

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy