Mustang Mach 1: clássico das ruas configurado para as pistas

Veículo pode atingir a marca de 205 km/h

São José dos Campos-SP, 17 de junho de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – O Mustang Mach 1, entre outras versões do lendário carro da Ford, chama a atenção dos amantes do automobilismo. Além da beleza estética, também é um carro que, embora feito para andar nas ruas, também possui configuração para as pistas. E o Olhar Automotivo vai falar um pouco sobre o assunto.

Por exemplo, o Mach 1 conta com um motor ‘nervoso’, um Coyote V8 5.0, que proporciona 480 cavalos de potência. Além disso, em apenas 4,3 segundos conseguir ir de 0 a 100 km/h. Logo, é praticamente um automóvel de corrida.

Veja em seguida: Capital Nacional do Antigomobilismo, Caçapava vai ganhar monumento na entrada da cidade

Porém, o veículo ainda conta com um grande controle de estabilidade, o que garante a segurança necessária para os ocupantes. A velocidade máxima do veículo chega aos 250 km/h.

Outro dado importante é que esse ícone da indústria automobilística norte-americana possui também peças de outros três modelos históricos: Bullitt, Shelby GT350 e Shelby GT500.

Aliás, essas peças desses carros clássicos são justamente os diferencias para o Mach 1. E o carro é uma edição limitada da fabricante norte-americana.

Mustang Mach 1: clássico das ruas configurado para as pistas. Foto: Ford/Divulgação
Mustang Mach 1: clássico das ruas configurado para as pistas. Foto: Ford/Divulgação

Itens que fazem a diferença no Mach 1

Agora, para manter toda essa potência com qualidade, o carro conta com um projetado sistema de arrefecimento capaz de aguentar a força do motor. Assim, mesmo acelerando em alta velocidade, não há o risco de estourar o propulsor, por exemplo.

Veja em seguida: Como dirigir carro automático pela primeira vez? Confira essas dicas e saiba o segredo para se sair bem

Mas o segredo são os dois radiadores e o sistema de transmissão automática com 10 marchas. Aliás, esses equipamentos vieram do Shelby GT350. Já na parte de trás há outro sistema de arrefecimento, mas este é ‘importado’ do GT500.

O sistema de suspensão, nomeado de MagneRide, garante a aderência e estabilidade necessárias ao potente carro da Ford. Isso sem contar todo o conjunto aerodinâmico do veículo, que está apto a pisar fundo em qualquer situação.

Contudo, naturalmente não devemos usar as estradas como pistas de corrida, por conta do risco de acidentes. Isso deve ser feito em espaços adequados.

Por falar em pilotar, o Mach 1 conta com sete opções de direção: Normal, Esportivo, Esportivo+, Pista, Drag, Neve/Molhado e My Mode. Com isso, o condutor pode escolher a maneira adequada para dirigir. Por exemplo, no modo Esportivo+, o carro vai ter uma resposta e uma aceleração mais condizente com um carro de corrida.

Veja em seguida: Qual a importância das calotas na roda do carro? Confira essas dicas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy