Nissan prepara a primeira expedição de volta ao mundo em um carro totalmente elétrico

O aventureiro Chris Ramsey fica responsável pela aventura

São José dos Campos-SP, 28 de maio de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – Rodar 27 mil quilômetros de carro, pelo mundo, é uma aventura e tanto, mas não é inédita. No entanto, fazer isso com um veículo totalmente elétrico é a primeira vez. Assim, a Nissan vai ser a responsável pela experiência e o Olhar Automotivo mostra como vai ser.

Primeiramente, a fabricante japonesa escolheu o modelo Ariya e-Force, que vai cruzar todo o continente americano. Logo a expectativa é encarar temperaturas extremas, tanto abaixo dos 30 graus negativos, quanto dos 30 graus positivos.

Veja em seguida: GP de Mônaco de Fórmula 1: Leclerc faz a pole position e comemora em casa

‘Pole to Pole’ é a expedição que a Nissan participa

Assim, a Nissan quer um momento histórico e mostrar a resistência do veículo. Afinal de contas, os carros elétricos começam a ganhar cada vez mais espaço no mercado global. E uma ação dessas vai chamar ainda mais a atenção. A expedição se chama ‘Pole to Pole’ e o nome foi criado pelo aventureiro.

Contudo, a empresa fechou uma parceria com Chris Ramsey, um aventureiro britânico, que terá a responsabilidade de cumprir essa meta.

Agora, a ideia é partir do Ártico e chegar até à Antártida. Desta maneira, o carro vai passar pelas Américas do Norte, Central e do Sul, antes de completar o seu destino.

Nissan prepara a primeira expedição de volta ao mundo em um carro totalmente elétrico. Foto: Divulgação
Nissan prepara a primeira expedição de volta ao mundo em um carro totalmente elétrico. Foto: Divulgação

Quando começa a expedição

Após definir os detalhes, a Nissan espera que a aventura comece em março de 2023, onde Ramsey vai percorrer os mais diversos terrenos. Isso porque o continente americano proporciona toda essa diversidade.

Veja em seguida: Mercedes EQS: alta performance elétrica a partir de julho no mercado brasileiro

Mas a equipe do aventureiro terá um carro que aposta na tração integral nas quatro rodas para garantir melhor estabilidade, conforto e segurança. E será um trabalho de marketing dos mais interessantes para a Nissan.

Afinal, nada melhor do que testar na prática e em condições muitas vezes extremas a capacidade de um determinado veículo.

Dois veículos

Contudo, para atravessar as regiões mais geladas, como no Ártico e na Antártida, a Nissan vai preparar um Aryia com estrutura externa, pneus e suspensões modificados. Tudo isso para garantir mais segurança e resistência da equipe.

Entretanto, um modelo que não será modificado vai dar o suporte durante a expedição no restante do continente americano.

“Nossa missão é mostrar que os veículos elétricos podem enfrentar os ambientes mais inóspitos – desde o frio penetrante dos polos até o calor causticante e a umidade das florestas da América do Sul”, disse Ramsey.

Veja em seguida: Cuidado para não dormir no volante: o que todo mundo deveria saber sobre isso

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy