Verstappen mostra força em Emilia-Romagna e equilibra Fórmula 1

Agora, ele e o monegasco Charles Leclerc somam duas vitórias cada um

São José dos Campos, 24 de abril de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – O holandês Max Verstappen, da equipe Red Bull, deu mostras neste domingo (24) de que está mais vivo do que nunca na briga pelo bicampeonato mundial de Fórmula 1. Afinal de contas, venceu o GP da Emilia-Romagna, quarta etapa da temporada, e encostou na liderança. E o Olhar Automotivo vai falar um pouco sobre o assunto.

Primeiramente, Verstappen já começou bem o final de semana, vencendo a corrida sprint no sábado (23), com 21 voltas, onde somou mais 8 pontos na classificação. Depois, dominou completamente a prova no domingo (24), vencendo com 16 segundos de vantagem sobre o segundo colocado, seu companheiro de equipe Sergio Perez.

Veja em seguida: Novo BMW Série 7: versão totalmente elétrica com ‘cinema’

Por sua vez, o monegasco Charles Leclerc, que venceu outras duas etapas neste ano e lidera o campeonato, não conseguiu brigar pela vitória e, quando se aproximada do segundo lugar, rodou sozinho, bateu e acabou a prova apenas em sexto lugar. Ainda assim, o jovem piloto da Ferrari ainda lidera o mundo com certa folga, pois, tem 86 pontos ganhos, contra 59 de Verstappen e 54 de Perez.

Próxima etapa da Fórmula 1

Agora, eles para a quinta etapa do ano, que será disputada no dia 8 de maio, domingo do Dia das Mães, a partir das 15h30, em Miami. Esta será a primeira prova de Fórmula 1 disputada na cidade que fica na Flórida.

Sabia que devemos limpar regularmente as rodas do carro? Confira essas dicas

Desta maneira, Leclerc e Verstappen, cada um com duas vitórias até agora, prometem brigar a cada curva pela vitória e gradualmente se mostram hegemônicos na briga pelo título mundial, que seria inédito para o ferrarista.

Mercedes decepciona

Enquanto isso, o heptacampeão mundial, Lewis Hamilton, segue longe da briga pelo octa. Além disso, neste final de semana, ficou bem longe dos pontos e terminou a prova apenas em 14º lugar.

Atualmente, o inglês é apenas o sétimo colocado da temporada, com 28 pontos ganhos. Desde que estreou na Fórmula 1, em 2007, sempre ganhou ao menos uma corrida por ano. Agora, com esse desempenho, arrisca quebrar a escrita.

Surpresa positiva

Por fim, seu novo companheiro de equipe, o também britânico George Russell, surpreende e, mesmo sem brigar por vitórias, tem desempenho bem melhor e está em quarto lugar na classificação, com 49 pontos.

Aliás, na prova da Emilia-Romagna, em San Marino, ele ficou em quarto lugar, bem à frente de Hamilton. Assim, mostra que se tivesse um carro melhor, poderia brigar por vitórias. A seguir, acompanhe um vídeo com os melhores momentos da prova, no canal da ‘GP na Grade’.

Veja em seguida: Opala, 30 anos de saudade: clássico da Chevrolet saiu de linha em 1992

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy