Veja o que todo mundo deveria saber sobre a importância do cinto de segurança; confira

Uso do equipamento reduz o risco de acidentes

São José dos Campos-SP, 30 de maio de 2022, por Marcos Eduardo Carvalho – Usar o cinto de segurança é obrigatório, pois, além de render multa por andar sem, ainda poderá colocar a vida em perigo. E o Olhar Automotivo vai falar um pouco sobre o assunto.

Primeiramente, dirigir sem cinto é uma infração grave, prevista no CTB (Código de Trânsito Brasileiro) e a multa é de R$ 195,23, segundo o artigo 167 da lei. Portanto, também vai pesar no bolso.

 

Veja o que todo mundo deveria saber sobre a importância do cinto de segurança; confira. Foto: Canva
Veja o que todo mundo deveria saber sobre a importância do cinto de segurança; confira. Foto: Canva

Riscos de dirigir sem cinto de segurança

Por exemplo, caso sofra um acidente a 40 km/h, que nem é uma velocidade tão alta, a pessoa vai multiplicar seu peso por 40. Além disso, será projetada para frente. Isso já seria o suficiente para se machucar.

Veja em seguida: Qual foi o primeiro carro à álcool no Brasil? Se surpreenda com essa história

Assim, um exemplo é o caso do ex-BBB Rodrigo Mussi, que em abril sofreu grave acidente de trânsito, mesmo no banco traseiro, por andar sem o cinto de segurança.

Na oportunidade, o motorista cochilou, bateu em um caminhão e o artista foi projetado para a frente. Isso causou ferimentos graves que o deixou semanas na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Redução de mortes

Atualmente, os especialistas já fizeram diversos estudos e testes sobre o assunto e os resultados são surpreendentes. Desta maneira, andar com o cinto de segurança reduz em até 48% o risco de morrer em caso de uma possível colisão. Isso tanto para quem está no banco da frente quanto para quem está no banco traseiro do veículo.

Outro exemplo interessante, que vem dos Estados Unidos: entre 1970 e 2009, o número de mortes por acidentes de trânsito teve queda de um terço depois que todos começaram a utilizar cinto de segurança.

Veja em seguida: GP de Mônaco: Perez vence e Verstappen amplia vantagem na liderança

Como usar o cinto de segurança?

Entretanto, não basta apenas usar o cinto de segurança, mas é importante saber usar o equipamento de maneira adequada.

Desse modo, no caso do motorista, devemos sempre nos posicionar com a coluna na vertical, sem inclinar e passar o cinto. Caso contrário, poderemos sofrer o ‘efeito submarino’. Isto é, durante um acidente, o corpo escorrega e pode causar ferimentos ainda mais graves.

Por fim, sempre evite espaços entre o cinto de segurança e o condutor. Neste caso, o equipamento deve ficar firme entre o ombro do ocupante e o encosto. O mesmo vale para o passageiro da frente os de trás.

Veja em seguida: Nissan prepara a primeira expedição de volta ao mundo em um carro totalmente elétrico

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler Mais

Privacy & Cookies Policy